Devaneios Entrópicos – Zander Gueiros

R$ 5,00

De caráter experimental e filosófico, o livro reune poemas do escritor Zander Lessa Gueiros que exprimem tantas cores que só pode mesmo ser definido como uma “psicoentropia zandrica”.

“Há uma fábrica ontológica da imaginação criadora produtora de gozos poéticos surracionais e delírios epistêmicos surreais nos centros divinos, que ficam nas Árvores do Campo de São Bento, de onde jazem fluxos contínuos e ininterruptos de econadas”

A experimentação do artista genuíno com a profundidade da reflexão filosófica em diálogo vívido e irrefreável.

Categoria:

Descrição

Um convite à poesia bachelardiana, é assim que vejo o livro “Devaneios entrópicos”, pois lemos nele uma complementariedade daquilo que Bachelard fez com a epistemologia, Zander o fez com a poesia, em outras palavras, enquanto Bachelard fazia uma ciência poética, Zander empreende um poesia epistemológica. Numa zootécnica ecopoética a psicoentropia de Zander nos leva a desinventar nossa relação com a linguagem, como um passarinho cantante do ninho de Manoel de Barros. Zander brinca com as palavras, como uma criança que cria conceitos, ou melhor, cria fenômenos para que com ele habitemos em nossa casa onírica entropológica que é autossustentável por se alimentar de suas próprias imagens. Ler Zander é um convite à criatividade da descoberta genealógica da genialidade que há em cada coisa vista poéticamente como não-coisa. Enfim, é um livro para se ler de trás para frente, de frente para trás e do meio para todos os lados, como toda boa poesia que diz: vá em frente, pois sempre um olhar novo há de gerar.

Gabriel Kafure da Rocha

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Devaneios Entrópicos – Zander Gueiros”

O seu endereço de e-mail não será publicado.